APAMT

LOGIN PARA ASSOCIADOS

Curta nossa página no Facebook

Notícias

No Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho OIT e APAMT alertam para o risco na utilização de produtos químicos

28/04/2014 14:41:23

A segurança na fabricação de produtos químicos ou na utilização desses produtos no processo produtivo é o tema central escolhido pela Organização Mundial do Trabalho (OIT) para celebrar o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, na próxima segunda-feira, 28 de abril. Neste dia, a OIT lançará relatório mostrando a situação atual do uso de produtos químicos e seu impacto nos locais de trabalho e os esforços públicos e privados para lidar com eles, bem como sugestões e apelos a governos empregadores e trabalhadores para a implementação de políticas e estratégias para a preservação da saúde na utilização de produtos químicos no trabalho.

No Paraná, a Associação Paranaense de Medicina do Trabalho (APAMT) aproveita a data para sensibilizar os empregadores, trabalhadores e cidadãos em geral para a necessidade da prevenção e proteção face aos riscos químicos que existem em diversos locais de trabalho, como na indústria química, nos canteiros de obra, nos laboratórios, nos hospitais e em atividades de limpeza, entre outros.

Se as condições de trabalho evoluíram a ponto de reduzir significativamente a trágica história de intoxicações agudas, acidentes catastróficos de grandes proporções e exposição a altas doses, o risco, atualmente, é o longo período de exposição a baixas doses. “Neste caso, os efeitos são pouco conhecidos, mas de grande impacto, podendo gerar uma população com doenças crônicas desencadeadas por um período de 15, 20 anos de exposição a esses agentes químicos”, lembra o presidente da APAMT, Paulo Zétola.

Os avanços tecnológicos fazem com que, sistematicamente, diversos produtos químicos sejam inseridos no processo produtivo, muitos deles importantíssimos para o desenvolvimento da humanidade, e muitos dizem que não é inconcebível não utilizá-los, “mas não se pode fazer isso enquanto não houver garantia de que todos os trabalhadores que lidam com esses produtos tenham sua saúde preservada, sem risco de adoecerem nem se intoxicarem. Inconcebível é que, no século XXI, trabalhadores ainda morram pela exposição a substâncias perigosas no trabalho”, conclui Zétola.

 

voltar

 

hidea.com - agência web
Copyright © APAMT | Todos os direitos reservados.