APAMT

LOGIN PARA ASSOCIADOS

Curta nossa página no Facebook

Notícias

Mais informal, não menos elegante, coquetel marca o Dia do Médico do Trabalho

06/10/2015 15:04:56

Cerca de 80 médicos do trabalho e familiares participaram, no último sábado, da comemoração do Dia Internacional do Médico do Trabalho, em um badalado coquetel no Bistro Duchamp, em Curitiba. Num ambiente menos formal que os tradicionais jantares realizados em anos anteriores, os presentes sentiram-se mais livres para circular pelo belíssimo ambiente, interagir com seus colegas, degustar deliciosas comidinhas e drinks e, ainda, soltar o corpo na pista de dança.

“O ano passado foi marcado pelo aniversário de 40 anos de nossa associação. E fizemos o evento com toda a formalidade que a ocasião pedia. Um jantar de gala, no clube Concórdia, com o lançamento de nosso livro. Neste ano, optamos por um clima mais descontraído, apostando na maior interação dos participantes”, disse o presidente da Apamt, Dr. Paulo Zétola, que ainda destacou, em seu breve discurso na abertura do evento, as realizações da entidade no ano, com foco na capacitação científica dos sócios, ações junto à população, ampliação do quadro associativo e valorização do médico do trabalho. “Além de todas as atividades que já realizamos tradicionalmente, como as reuniões científicas, o curso para a prova da Anamt, as ações de rua de conscientização da população, neste ano, inovamos, com a criação dos Cursos Avançados, realizando o primeiro, sobre Toxicologia, no mês passado”, lembrou.

Na ocasião, a Apamt ainda homenageou os mais novos médicos do trabalho, entregando a eles seus certificados de especialista, num momento marcante para as carreiras dos recém-titulados. Foram 13 médicos paranaenses que receberam o título de especialista em Medicina do Trabalho durante o coquetel.

Para Cezar Presibella Júnior, é a realização de um sonho. “E , ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade de levar à frente todo esse processo de evolução da Medicina do Trabalho, numa saga profissional que já vem da minha família (seu pai, Cezar Augusto Presibela, foi diretor da Apamt)”, disse. “A importância da medicina do trabalho no cotidiano da sociedade que me fez optar por essa especialidade, por sua relevância no contexto social”, acrescentou. O novo médico do trabalho diz esperar da Apamt que mantenha sua organização e evolução, “proporcionando encontro científicos e ações sociais que justifiquem a sua relevância para a comunidade científica e para a sociedade”. Ele ainda aproveitou para elogiar a nova forma encontrada pela associação para comemorar o dia do médico do trabalho. “É muito bacana a inovação. Particularmente eu achei a festa muito legal e muito bem organizada, mas, mesmo que não gostasse, a ideia de se fazer algo diferente, fugindo do tradicional já merecia crédito”, disse.

A médica recém-titulada Alana Cláudia Murillo Santos, disse que o título de especialista, além do cumprimento de uma etapa legal para o exercício profissional, é o resultado do que buscou desde o vestibular até a conclusão da pós-graduação. “E a medicina do trabalho encanta porque utiliza integralmente da medicina na profissão, atuando diretamente com um setor fundamental da sociedade”. Agora, como sócia da Apamt, a médica espera aprofundar ainda mais seus conhecimentos, trocar informações com os colegas e contribuir para a evolução e valorização da especialidade médica. Ela também aprovou a mudança de conceito da festa deste ano. “Um momento de esquecer o estresse do trabalho, conversar sobre coisas boas com os amigos e conhecer novos colegas”.

 

voltar

 

hidea.com - agência web
Copyright © APAMT | Todos os direitos reservados.